24 abr 2014

[PROMOÇÃO ENCERRADA] ORÇAMENTOS E PREVISÕES – FINANCIAL TIMES

No Comments Administração e Gestão, Controle Financeiro, Economia, Empreendedorismo, Gestão Financeira, Nem Todo Empreendedor Nasce Sabendo, Sorteio e Promoções

Curioso para saber quem vai cuidar das suas previsões orçamentárias com ajuda do Guia Financial Times?  

 

Pela primeira vez o ganhador do sorteio aqui no Lounge Empreendedor não é realmente um ganhador! Pois é, meninas, dessa vez fica para o próximo… 

lounge-empreendedor-resultado do sorteio

Aí está o link do resultado: sorteiefb.com.br/resultado?id=1SqG 

Espero que o livro ajude você no seu dia-a-dia e depois, conte aqui no Lounge Empreendedor o que achou.

Peço que envie seus dados para o e-mail contato@loungeempreendedor.com.br.

 

——————————————————-

 

Ame-os ou odeio-os, orçamentos fazem parte da vida empreendedora. Que tal ganhar um presente que pode evitar armadilhas nas suas previsões?

 

lounge-empreendedor-promocao-custos-e-orçamentos

 

Na última semana, a redação do Lounge Empreendedor recebeu um daqueles presentes que podem fazer toda a diferença para quem precisa desenvolver habilidades financeiras para elaborar e gerenciar previsões orçamentárias consistentes.

Essa talvez seja uma das competências mais complexas ao empreendedor e um verdadeiro gargalo para muitas empresas brasileiras, pois envolve a combinação de uma boa capacidade de gestão do presente somada à análise de cenários e visão de futuro a fim de conquistar os objetivos do negócio. É para isso que toda organização escolhe realizar um planejamento e controle orçamentários! 

O livro "Orçamentos e Previsões" do autor Nigel Wyatt aborda de forma sistemática e minuciosa o passo a passo para elaborar, executar, gerenciar e avaliar o orçamento de forma precisa e produtiva considerando desde os aspectos do planejamento estratégico da empresa até os pontos de análise de desempenho, delegação orçamentária, indicadores e variações. 

Apesar de conter termos técnicos e em alguns capítulos tratar o assunto com uma linguagem mais financeira (não dava pra ser diferente, afinal é um livro de orçamento, certo?!?), este é um livro prático, cheio de exercícios e dicas práticas, a partir do qual empreendedores e gerentes em todos os níveis vão se beneficiar e podem aprender como evitar as armadilhas na elaboração de orçamentos e previsões.

Como diz Wyatt, "negócios bem-sucessidos reconhecem onde eles podem agregar valor mais efetivamente" e um bom gestor de custos precisará compreender o custo e o valor de tudo para realizar julgamento coerentes com seu mercado, seus objetivos e seu desempenho. 

Portanto, corre galera… Apenas uma pessoa será premiada!

Para concorrer é simples, siga as regras:

1. Siga o Lounge Empreendedor no Twitter e compartilhe o texto da promoção. "Orçamentos e Previsões são fundamentais ao meu negócio e vou concorrer ao livro da @mbooks_ no @LoungeEmpreende  http://migre.me/iUsnr

2. Curta a Página do Lounge Empreendedor no Facebookcompartilhe a imagem da promoção e siga as regras do sortei.me no Facebook, é só entrar neste link.

ATENÇÃO:

Só ganha o prêmio quem realizar todas as regras. Será desclassificado quem não realizar todos os passos.

Promoção válida em todo Brasil.
O sorteio acontecerá no dia 09 de maio de 2014

23 abr 2014

INVESTIMENTO EM AÇÕES AO ALCANCE DE TODOS

No Comments Administração e Gestão, Controle Financeiro, Economia, Empreendedorismo, Gestão Financeira, Nem Todo Empreendedor Nasce Sabendo

Fique ligado nas nossas dicas para investir (bem) em ações na Bolsa de Valores.

lounge-empreendedor-investimento-em-ações-ao-alcance-de-todos

Não é preciso ser rico para investir na bolsa de valores. Com uma pequena quantia de dinheiro você consegue comprar um lote de ações e entrar no seleto grupo de investidores do mercado. É  bom saber que ao tomar essa decisão você está se tornando sócio de uma empresa e que por isso, está fazendo um investimento de risco. Algo que para empreendedores costuma ser desafiante e motivador. (Aliás, você leu o post da semana passada sobre as semelhanças entre investidores e empreendedores?)

Mas voltando ao mercado de ações, de início, pode até parecer difícil, mas não é! E melhor: no longo prazo o rendimento pode ser muito maior do que em qualquer outro investimento.

Contudo, para que você obtenha sucesso nessa escolha é preciso prestar atenção à algumas dicas.

  1. Defina um objetivo a respeito do valor que pretende investir, o tempo disponível que poderá disponibilizar para vê-lo render e o que quer fazer com o valor investido. Algumas pessoas que conheço batizam seus investimentos como “meu carro novo”; “o equipamento novo da fábrica” ou “a reforma do restaurante”.
  2. Entenda seu perfil como investidor. Você busca rendimentos no curto, médio ou longo prazo?
  3. Investigue sobre as possibilidades e as formas de investir que podem ser desde a compra direta de ações, fundos de índices, clubes de investimento ou fundos de investimento em ações.
  4. Encontre a melhor corretora para você e abra sua conta. Preste atenção aos serviços que a corretora oferece, como relatórios, vídeos, cursos e outras facilidades. Na parceria com a Rico.com.vc tenho descoberto boas surpresas como esse manual e um relacionamento super personalizado com pequenos investidores, como eu.
    lounge-empreendedor-dicas-para-investir-na-bolsa-rico
  5. Informe-se sobre as taxas. Não existe um valor mínimo para investir em ações, cabe a você mesmo fazer as contas para saber se a taxa cobrada vai pesar no seu investimento. Por exemplo: se você investir 100 reais em ações e sua corretora cobra 10 reais de taxa de custódia e 8 reais pela taxa de corretagem, você vai precisar de um rendimento superior a 18 reais (taxa de custódia + taxa de corretagem), ou seja, um rendimento de mais de 18% num único mês, para o investimento compensar. #fiquedeolho
  6. Escolha suas ações e como quer investir. Converse com especialistas que acompanham e analisam as empresas e o momento de mercado. Eles podem recomendar quais ações comprar ou vender, em qual quantidade e em que momento. Não se esqueça, porém, que você é o responsável pelo desempenho de seus investimentos e tem total poder para seguir ou não qualquer orientação.

Afinal, assim como na gestão do seu negócio, não existe milagre quando o assunto é o seu dinheiro! Ignore "atalhos" ou "segredos" para sempre obter sucesso no mercado de ações; tais promessas consumirão tempo e dinheiro, sem gerar qualquer retorno positivo para você. Ganhos e perdas com ações, embora variáveis, serão sempre proporcionais ao dinheiro aplicado, ao tempo que esse dinheiro fica investido e ao conhecimento do investidor, portanto a melhor dica é sempre estudar e manter a paciência.

Lembre-se também que investir todos os seus recursos em ações, ou em qualquer outro tipo de investimento, nunca é uma boa ideia, principalmente se você estiver começando. Ao "colocar todos os ovos na mesma cesta" você está não somente aumentando o risco do seu investimento, mas também ficando totalmente desprotegido em caso de perdas.

********************

A Rico é uma corretora que oferece uma plataforma de investimentos completa com atendimento personalizado. Conheça: www.rico.com.vc

15 abr 2014

AS 5 SEMELHANÇAS ENTRE O EMPREENDEDOR E O INVESTIDOR

No Comments Administração e Gestão, Comportamento Empreendedor, Controle Financeiro, Empreendedorismo, Gestão Financeira

As palavras empreendedor e investidor permeiam vários textos de negócios. Que tal entendermos suas principais semelhanças?

lounge-empreendedor-5-semelhanças-entre-o-empreendedor-e-o-investidor

Aqueles que acompanham blogs sobre empreendedorismo (e assuntos correlatos) certamente já devem ter lido vários posts listando as características que marcam os pequenos e grandes empresários.

O mesmo vale para quem está inserido no universo dos investimentos. São inúmeras matérias trazendo fórmulas para ganhar dinheiro na bolsa, o perfil do investidor de sucesso etc.

Clichês à partes, buscar inspiração nas pessoas bem sucedidas nos negócios pode dar um grande empurrão na rotina de quem se esforça diariamente pra trilhar o seu caminho.

Como nenhum sucesso é obra do acaso, podemos dizer que os empreendedores e investidores possuem traços de comportamento em comum que favorecem a consecução de seus objetivos. Por isso, hoje resolvemos falar sobre tais características e como elas conseguem diferenciam esses profissionais da “manada” (com o perdão do termo):

  1. Disciplina: De fato, pouca gente possui paciência para executar tarefas repetidas várias vezes ao dia, e mais, todo santo dia. Aderir a uma rotina de acompanhar o mercado e não desanimar perante os obstáculos a ele inerentes são habilidades exímias de empreendedores e investidores que, com total certeza, irão trazer bons resultados no médio e longo prazo.  
  2. Iniciativa: Empreendedores e investidores são desbravadores inatos de novos mercados e que de certa forma se retroalimentam: enquanto os primeiros precisam de financiamento para deslanchar sua ideia no mercado, a outra equipe lucra em cima de bons projetos ao aplicar o capital inicial.
  3. Abertura a riscos: arriscar é preciso e faz parte do ato de empreender e de investir. Vale lembrar que o risco calculado não necessariamente é sinônimo de perigo, como diria Frank Knight em sua célebre frase: ”Se você desconhece o que vai ocorrer mas está ciente das possibilidades, isso é risco. Se você desconhece até as probabilidades, isso é incerteza.” Ou seja, aceite o risco como parte do aprendizado e em nenhuma hipótese seja paralisado por ele.
  4. Foco em metas: empreendedores e investidores costumam ter suas ações pautadas por metas, sejam elas pequenas ou grandes. Por exemplo: crescer 20% da receita de vendas em um período de 10 meses, aumentar a renda pessoal em 35% em 1 ano, guardar R$100 por mês pra investir em ações da empresa X.. Eles sabem muito bem o que querem e fazem uso constante da criatividade para buscar novos meios de conquistar seus objetivos.
  5. Espírito de liderança: abrir sua própria empresa ou gerir uma carteira de investimentos requer autonomia e uma boa dose de liderança. E por liderar, não estamos falando sobre influenciar os outros ou torná-los seus subordinados; trata-se de saber gerenciar suas próprias finanças e zelar por elas com um bom planejamento.

Resumo da ópera: pode ser que um investidor possua certo tino empreendedor e vice-versa, não se sabe onde as características de um e outro começam e/ou terminam.

A questão é que todos nós temos muito o que aprender com elas, afinal quando se trata de um assunto que não dominamos muito bem (como finanças e investimentos), somos constantemente influenciados por ideias e comportamentos alheios, não é mesmo? E em se tratando do nosso suado dinheiro, temos mais é que assumir o comando.

********************

A Rico é uma corretora que oferece uma plataforma de investimentos completa com atendimento personalizado. Conheça: www.rico.com.vc

08 abr 2014

A CULTURA DO PORQUINHO

No Comments Administração e Gestão, Controle Financeiro, Economia, Empreendedorismo, Gestão Financeira, Nem Todo Empreendedor Nasce Sabendo

Sobrou dinheiro? Quebre o porquinho e invista no Tesouro Direto.

lounge-empreendedor-a-cultura-do-porquinho-tabela-rico-titulos-publicos

O brasileiro sempre foi adepto à poupança – conhecido também como o bom e velho “porquinho” – para custear imprevistos rotineiros e sonhos futuros. Pais e avós depositavam uma sobra todo mês pensando no futuro dos jovens, e esse hábito se manteve no país por várias gerações. Porém, o que muitos não sabem é que a poupança não é a maneira mais rentável de guardar dinheiro.

Afinal, quanto rende a Poupança?

Ao depositar o salário na poupança, o investidor leva em conta apenas o seu rendimento anual ou a taxa básica de juros que o acompanha (Selic). Ou seja, pouca gente se atenta para as regras abaixo, apesar de serem tão importantes quanto as anteriores:

  • em depósitos efetuados até 3 de maio de 2012: a regra de remuneração é Taxa Referencial (TR) + 0,5% ao mês.
  • em depósitos a partir de 4 de maio de 2012: quando a taxa Selic estiver igual ou abaixo de 8,5% ao ano, o rendimento será a TR + 70% da Selic; quando a taxa Selic estiver acima de 8,5% ao ano, o cálculo será a TR + 0,5%. (fonte: Itaú)

Com a taxa Selic a11% atualmente, a poupança está rendendo 0,5% ao mês mais a TR (Taxa Referencial).

Logo, podemos afirmar que a poupança
não é o investimento mais rentável do momento!

Bom base nas regras de rentabilidade acima, observamos que o rendimento da poupança não muda quando a Selic está acima de 8,5% ao ano, enquanto outras aplicações como o Tesouro Direto seguem a tendência de crescimento da taxa básica de juros.

Então que tal investir em Tesouro Direto?

O Tesouro Direto é o investimento ideal pra quem busca rentabilidade maior que a poupança com a mesma segurança. Por meio dele, você compra títulos públicos do governo e recebe em troca juros todo mês. Caso precise resgatar esse dinheiro, não tem problema, pois o governo federal recompra os títulos todas as quartas-feiras.

O primeiro passo para investir em Tesouro Direto é abrir conta em uma corretora de valores. É importante ressaltar que você pode começar a investir com a partir de R$80,00.

O Tesouro Direto é composto por 6 títulos públicos, e você pode estimar o rendimento de cada um deles dependendo de sua categoria: pré-fixado (você sabe exatamente o valor que vai resgatar) ou pós-fixado (rentabilidade vinculada a indexadores como a taxa Selic, IGP-M e IPCA). Veja tabela abaixo:

lounge-empreendedor-a-cultura-do-porquinho-tabela-rico-titulos-publicos

E agora, como escolho o meu título?

Para decidir entre um título pré ou pós-fixado, pense em quanto tempo pretende deixar o dinheiro aplicado, qual o motivo de estar investindo e quanto risco você consegue suportar.

Se você ainda tem dúvidas sobre a modalidade de investimento, dá uma olhada no vídeo inédito com André Moraes e Carol Guedes:

Qualquer dúvida fique à vontade para enviar um email para Carol Guedes, responsável pela área Comercial da Rico: cguedes@rico.com.vc. Nossa parceria é super legal e todo o pessoal está  esperando pelo contato de vocês!

Um beijo a até a semana que vem com novas dicas Rico para empreendedores de sucesso!

********************

A Rico é uma corretora que oferece uma plataforma de investimentos completa com atendimento personalizado. Conheça: www.rico.com.vc

04 abr 2014

DINHEIRO NÃO DÁ EM ÁRVORE

No Comments Administração e Gestão, Comportamento Empreendedor, Controle Financeiro, Economia, Empreendedorismo, Gestão Financeira, Nem Todo Empreendedor Nasce Sabendo

Conheça hábitos que devem ser evitados e outros que devem ser adquiridos para o sucesso do seu empreendimento.

lounge-empreendedor-dinheiro-não-da-em-arvore

É comum ouvirmos histórias românticas de grandes empresários que começaram do nada e que com muito esforço, trabalho e alguma dose de sorte conseguiram chegar ao topo da pirâmide capitalista.

Esses casos são verdadeiros, inspiradores e ajudam a motivar quem está começando a exercer o potencial empreendedor, mas não trazem muitas dicas práticas sobre como começar um negócio e qual a melhor forma de gerenciá-lo. Sem informação, muitas pessoas já começam a lidar com questões empresariais de forma errada e alimentam maus hábitos, como por exemplo:

Acreditar que o capital de terceiros é mais caro do que o capital próprio

Esse é um erro comum e frequente que aqueles que estão começando a empreender cometem. Por ser mais escasso e apresentar mais riscos, o capital próprio acaba saindo mais caro para o empresário, que tenta evitar empréstimos a todo custo – e isso é um erro. Para corrigir a situação, é importante aprender a calcular o custo médio ponderado de capital para saber o valor que a empresa produz. Isso permite um controle real das finanças e evita problemas.

Não calcular o verdadeiro lucro econômico

Por incrível que pareça, é possível que uma empresa com lucro líquido positivo precise ser fechada. É um paradoxo que acontece porque o lucro líquido só ajuda o empresário a calcular o retorno de seu negócio quando comparado ao custo de capital próprio. Para sair dessa situação, é importante utilizar ferramentas que possibilitem calcular o verdadeiro lucro econômico, o que evita surpresas desagradáveis.

Tanto um hábito quanto o outro estão normalmente ligados à desorganização e realização de investimentos errados. E como no Lounge Empreendedor não falamos apenas de problemas, veja também algumas dicas que podem ajudar você a fugir de situações que possam comprometer a saúde do seu negócio:

Contenção

É impossível prosperar gastando uma quantia maior do que aquela que se ganha. (Isso vale para a vida pessoal e profissional, certo?!?) É preciso poupar para capitalizar e estar preparado para as adversidades do mercado. Isso porque nunca se sabe quando surgirá uma nova ação do governo que possa prejudicar seu ramo de atuação ou quando alguma alteração tributária poderá afetar a sua empresa.

Nesse sentido, é importante que o seu padrão de vida não melhore na proporção de crescimento de sua empresa – justamente para que você tenha dinheiro guardado para se prevenir de possíveis crises. Após certa melhora em seu estilo de vida, permita uma estagnação até que sua empresa cresça mais. Para isso, é importante controlar de modo muito firme as despesas da casa também. Essa planilha, por exemplo, é um bom mecanismo para lhe ajudar na empreitada.

Satisfação

Se você atuar em um ramo que gosta, as chances de sucesso são muito maiores, como explicamos nesse post. O motivo não está ligado apenas ao fato de que você irá trabalhar com mais prazer e entusiasmo, mas também a simples questão de que não vai precisar comprar tudo o que quiser para compensar o fato de trabalhar duro. Com isso, você evita gastos desnecessários. 

Que tal encarar suas finanças de frente? 

O Guilherme Araújo, leitor do Lounge Empreendedor, aceitou esse desafio e não só encarou suas finanças como também ajudou na elaboração desse post para vocês. Valeu, Guilherme!  

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...