Archive for Família

01 set 2015

FAMÍLIA E NEGÓCIOS

No Comments Comportamento, Empreendedorismo, Família, Nem Todo Empreendedor Nasce Sabendo

O que fazer quando a família quer opinar no seu negócio?

lounge-empreendedor-negocio-familiar

Todo empreendedor além de profissional é também pai, filho, neto, marido, e muitas vezes, sofre com a interferência da família no negócio.

Separar os assuntos de trabalho do relacionamento familiar é o grande desafio. Quando a família trabalha junto é quase impossível não levar para casa os problemas da empresa. Constantemente, pais e filhos ou marido e mulher que dividem o ambiente de trabalho discutem em casa o dia a dia da companhia, o que quase sempre transforma as conversas familiares em uma grande discussão de negócios.

O problema se torna ainda maior quando familiares que não atuam na atividade e não conhecem a rotina se sentem no direito de opinar sobre os rumos do negócio.

Talvez a solução mais simples seja a mais óbvia e ao mesmo tempo a mais difícil: não levar para casa os problemas do trabalho. Todos sabem que não é fácil, mas o empreendedor que consegue separar os dois ambientes tem mais chance de ter uma relação mais serena em ambos os lugares.

É preciso que ele leve em conta os números do negócio para tomar as decisões mais acertadas, e não agir com o coração e decidir com o que a maioria da família pensa.

À medida que você não discute esses assuntos em casa, menos provável que familiares interfiram na sua tomada de decisão.

Portanto, se você trabalha junto com um familiar, deixe para conversar sobre isso na empresa, ou, quando estiverem a sós. Dessa forma, a discussão tende a ser mais assertiva e, com certeza, trará melhores resultados.

Vitor Pedrosa é Sócio Fundador e Diretor de Franquias da Viva Eventos.
Fonte: Portal Exame

24 jan 2015

DIAMANTES SÃO ETERNOS

No Comments Comportamento, Cotidiano, Escolhas, Família, Qualidade de Vida, Saúde, Valores, Viva Positivamente

O que Fernanda Gentil, apresentadora da Globo, e o famoso 007, Pierce Brosnan podem nos ensinar em comum?

lounge-empreendedor-diamantes-eternos

Tirando as medidas econômicas do governo, as vítimas do Charlie Hebdo e o BBB, dois assuntos povoam as conversas virtuais nos últimos dias: o fato de Pierce Brosnan , o 007, não ter largado sua mulher depois que ela engordou e as criticas ao corpo da Fernanda Gentil  na praia feitas pelo portal R7 e depois, justificadas por ela mesmo como uma gravidez de 2 meses.

É meio óbvio que ambos os temas "jornalísticos" têm em comum o machismo e a perpetuação da busca por um ideal de beleza sacrificante e não quero ficar aqui chovendo no molhado.  Entretanto, somados à história recente de uma canadense, mãe de cinco filhos, que foi repudiada na praia pelas “nojentas e desagradáveis” estrias e pela quantidade de homens bem-sucedidos de 50 e 60 anos que abandonam suas companheiras, decidi realmente colocar a boca no trombone (esse é nome da nossa coluna, certo?) e provocar algumas reflexões.

Afinal, quantas meninas e mulheres você conhece lindas, gostosas, legais, charmosas, sexy, interessantes e de regime? Quantas que estão "dentro do padrão" julgam as "gordinhas" com os olhares incentivando-nos com dietas, detoxes, exercícios e sei lá mais o quê? Por que vivemos nos preocupando com a saúde de um gordinho, mas não com a daqueles que de tão magros flertam com a anorexia? Qual seria o meu papel na perpetuação desse padrão ao viver de regime sendo que meu IMC é considerado normal, meus exames estão todos em dia e eu me sinto cada vez mais bonita?

Pois, então, falemos sobre “James Bond” e sua esposa! O que tem de exemplo em continuar casado com a pessoa que você ama? Com a mãe dos seus filhos? Quão distorcida é a sociedade que enaltece um homem que está ao lado de quem ama e de quem lhe faz sorrir, mas que se assusta com o fato desta pessoa não se encaixar no que a sociedade considera adequado?

Tem algo muito errado! Cuidar de si mesmo por uma questão de saúde, de bem-estar e de autoestima é positivo, mas deixar de lado valores e formação profissional para permanecermos na Terra do Nunca como as sereias de 20 e poucos anos é ilusório.

Não sermos capazes de realmente aceitar nosso eu, apesar dos aparentes problemas, é a forma mais comum da geração de conflitos psicológicos. Afinal, há uma infinidade de pessoas que defendem a liberação das amarras da balança enquanto se entopem de barrinha de cereal, certo?

Com essa atitude, a mudança fica muito difícil. Talvez a melhor resposta para a sociedade seja a que nos foi dada por Tanis Jex-Blake, a canadense hostilizada na praia, “Sinto muito se minha barriga não é plana e firme e esteja coberta de estrias. Mas não lamento que o meu corpo tenha abrigado, protegido e alimentado cinco seres humanos fabulosos, saudáveis, inteligentes e maravilhosos”. Pois é, caro leitor, nessa vida vale mesmo a vida que a gente leva!

lounge-empreendedor-diamantes-eternos

24 ago 2014

MAIS DIFÍCIL QUE O PERDÃO

No Comments Cooperação, Ética, Família, Inteligência Emocional, Relações Humanas, Valores, Viva Positivamente

Gratidão é um ato de reconhecimento e uma virtude que precisa ser cultivada e desenvolvida continuamente. Experimente! Quem ganha é você!

lounge-empreendedor-mais-dificil-que-o-perdao

A necessidade das pessoas em valorizar apenas o patrimônio, a posição profissional ou social faz com que muitos percam o sentido real de suas conquistas. Já escutei inúmeras vezes que no ambiente competitivo das organizações há muito mais pessoas ingratas do que gratas. Talvez seja verdade. E justamente por isso, a gratidão tem poderes incríveis.

Quando ela se expressa em gentileza, manifestações públicas de agradecimento e, acima de tudo, respeito, tem um efeito e um poder inigualáveis. Não significa ser subserviente ou submisso, mas sim dar o justo reconhecimento a interdependência e a consequência das outras pessoas sobre nossas conquistas. Quando as coisas estão muito ruins, pode ser fácil dizer "tudo é uma porcaria, não tenho nada a agradecer." Mas, se formos honestos, sabemos que não é verdade. Sempre há alguma coisa, não importa quão pequena, que está em sua vida para a qual você possa ser grato.

Quantas vezes você já parou para agradecer seus pais, professores, líderes ou colegas por ser o profissional e a pessoa que você é hoje? A ingratidão, sentimento muito próximo ao orgulho e a soberba, só faz perdedores. Nunca soube de alguém que tenha ganhado algo sendo ingrato. Empresas ingratas perdem seus colaboradores, seus clientes e veem seu mercado ruir. Pessoas ingratas terminam sós, amarguradas e sem o respeito de seus pares.

Gratidão requer coragem! Coragem para reconhecer que nem tudo o que as pessoas fazem por nós é apenas uma obrigação. Temos o péssimo hábito de corromper o sentido real das palavras a partir de nosso ponto de vista ou de nosso estado de espírito. Criamos uma infindável lista de atitudes equivocadas a partir de um conceito que, a priori, não deveria trazer nenhum prejuízo, como é a gratidão. Que tal se em vez de reclamar daquele cliente difícil de atender, você pensar que ele poderia ter escolhido outra empresa para negociar?

Se atender os seus clientes com gratidão, eles serão leais e indicarão você a novos clientes. Se olhar com gratidão para cada colega de trabalho, construirá um ambiente mais humano e solidário. Se levar sua empresa a demonstrar gratidão contribuindo em causas sociais e ambientais ampliará suas possibilidades de ter sua marca fixada no coração das pessoas. Parece simples, mas o exercício da gratidão requer vontade, ação e atitude.

Se ao iniciar a leitura desse texto, você acreditava que esse era apenas um tema leve e sem sentido a prática empreendedora, avalie suas próprias atitudes e passe a praticar a gratidão sem vergonha de se expor. Cultive esse novo hábito na sua organização, sua comunidade e sua casa. O senso comum nem sempre é uma prática comum. Muito obrigada pela leitura.

lounge-empreendedor-mais-dificil-que-o-perdao

20 mai 2014

UMA ECONOMIA VIBRANTE PARA TODOS

No Comments Carreira, Economia, Empreendedorismo Feminino, Empregabilidade, Família, Liderança, Mercado, Mercado de Trabalho, Protagonismo

Pelo 2º ano consecutivo, o Lounge Empreendedor fará a cobertura oficial do Women’s Forum Brazil 2014. Preparem-se para boas notícias!

lounge-empreendedor-womens-forum

Em 2014, as oportunidades e desafios para o Brasil irão muito além do que simplesmente sediar a Copa do Mundo, que estará a apenas alguns meses das eleições presidenciais. A mídia internacional irá expor todas as facetas do país: suas regiões, política, economia e sociedade, bem como a sua posição na América Latina. Isso poderia impulsionar os negócios e, ao mesmo tempo, reacender o orgulho nacional. No entanto, os brasileiros sabem que precisam fazer um planejamento mais abrangente, de modo a aquecer a economia – promovendo o empreendedorismo, a inovação e abrindo espaço para a mobilidade social. 

Como as lideranças femininas podem contribuir para a criação de uma economia próspera para toda a sociedade? O Women’s Forum Brazil 2014 irá abordar estas questões fundamentais para o Brasil e para a América do Sul de forma mais ampla e mais uma vez o Lounge Empreendedor fará parte da cobertura oficial do evento. Partindo da atuação das mulheres como influentes agentes de transformação social e econômica, o Women´s Forum Brazil 2014 irá ampliar a nossa perspectiva e das próprias comunidades que participam do Fórum. 

Com o objetivo de garantir um retorno positivo sobre o investimento feito pelas empresas parceiras e convidados, a edição de 2014 focará no aprofundamento da utilidade prática das sessões introduzidas no ano de 2013:

  • Workshops segmentados focados em talento e liderança, finanças e estratégia de negócios, que serão customizados de acordo com os interesses e preocupações dos participantes de grandes companhias, líderes de PME´s e mulheres empreendedoras; 
  • Mesas-redondas para aprendizado de novas soluções para os negócios e desafios sociais, além do debate acerca da melhor forma de passar da informação para a transformação.  
  • E ainda realizar a quarta edição do encontro CEO Champions, o grupo de líderes do universo corporativo lançado em 2013 com tanto sucesso no Brasil. 

Queremos que a edição de 2014 crie uma conexão entre diferentes realidades, de diferentes partes do Brasil, diferentes origens e diferentes desafios, de forma a impulsionar a igualdade social para as mulheres, suas famílias e comunidades. Se conseguirmos isso, devolvendo um retorno sobre o investimento significativo para os envolvidos no processo, consideraremos esta edição um sucesso. Eu estarei lá e você?

O fórum também receberá empresárias e diretores de pequenas e médias empresas (PME) e palestrantes de empresas brasileiras e internacionais. Juntos, eles vão ter uma visão sobre o que é necessário para as empresas e as sociedades como um todo evoluírem e manterem a evolução. A lista de palestrantes inclui a Diretora da Clinton Global Initiative, de Integração de Meninas e Mulheres, Penny Aberywardena; o Presidente do Instituto Ethos Jorge Abrahão; as cantoras Mariana e Fafá de Belém; a fundadora da Escuela Nueva Founder ex-vice-ministra de educação da Colômbia, Vicky Colbert de Arboleda; a Presidente da Schneider Electric South America Zone, Tania Cosentino; a CEO da Boeing Brasil, Donna Hrinak; o ex-CEO Regional da Alcoa para América Latina e Caribe, Franklin Feder; a Presidente e CEO da Dudalina, Sonia Regina Hess de Souza; a Diretora da Divisão de Sandálias da Alpargatas, Carla Schmitzberger; a Vice-Presidente Executiva do Banco Interamericano de Desenvolvimento, Julie T. Katzman; e a CEO do Magazine Luiza SA, Luiza Helena Trajano, junto com sua filha e Chef de cozinha Ana Luiza Trajano.

Veja * aqui * a programação completa do evento e um vídeo com os melhores momentos de 2013.

 

16 set 2013

COMO SABER QUANDO É PRECISO DESCANSAR?

No Comments Administração e Gestão, Ambiente de Trabalho, Comportamento, Comportamento Empreendedor, Cotidiano, Empreendedorismo, Família, Gestão do Tempo, Liderança, Mercado, Nem Todo Empreendedor Nasce Sabendo, Relações de Trabalho

Negócio não sai de férias. Mas empreendedor sim.

lounge-empreendedor-como-saber-quando-chegou-a-hora-de-descansar

Já falamos algumas vezes por aqui que para empreender é preciso paixão. Algo que traz inúmeras recompensas e faz com que o empreendedor não descanse até alcançar seus sonhos. Ainda assim, empreender também cansa e um dia cobra os custos de um trabalho tão árduo. Em algum momento, portanto, você precisa dar um intervalo para recuperar suas baterias – seja com intervalos no dia a dia agitado de trabalho ou até mesmo aquelas tão adiadas férias.

Sim! Empreendedor também merece férias!

Para reconhecer esses momentos na sua jornada, preparei uma lista com alguns sinais de que está na hora de você relaxar um pouco antes de continuar.

  • A alegria se foi. Está adiando o momento em que você tem de ir para a empresa? Trabalhar já não lhe traz empolgação como antes?  Se você já não se sente mais feliz fazendo aquilo que você decidiu para sua vida, está na hora de dar uma pausa, descansar e reencontrar essa felicidade quando voltar.
  • Falta de criatividade e foco. O cansaço, o estresse, a tristeza, todos esses sentimentos negativos – juntos ou separados – podem levá-lo a perder a concentração e torná-lo menos produtivo e inovador. Se esse é o caso, mais uma vez está na hora de recarregar. Você provavelmente retornará mais produtivo.
  • Perda do controle. Desequilibrar-se em situações em que você deveria se comportar como líder e achar que você anda sobrecarregado são outros sinais de que sua força empreendedora não é mais a mesma.
  • Irritabilidade. Se seus colaboradores não aguentam mais o seu mau-humor, talvez seja o caso de se afastar e tirar um intervalo para voltar um pouco mais agradável. Férias já!
  • Insônia. Sua bateria fraca pode afetar também o seu sono. Não conseguir dormir direito é um bom indicador de que a falta de energia empreendedora anda incomodando também na cama.
  • Problemas de saúde. Sobrecarregar-se e trabalhar além dos seus limites pode cobrar um preço alto demais à  sua saúde, mesmo que isso pareça o comportamento comum. Empreendedores também precisam se cuidar.
  • Avisos de pessoas próximas. Elas são as pessoas que o conhecem melhor. Se familiares e amigos passarem a avisá-lo de que você parece diferente e cansado, talvez você deva escutar e fazer uma pausa.

O merecido descanso é fundamental para que você recarregue as energias, conheça novas oportunidades de negócios e também tenha um tempo para se dedicar a cursos que permitam a reciclagem dos seus conhecimentos sobre gestão.

Por mais que você se dedique de corpo e alma ao seu negócio, deve perceber que isso evidentemente suga muitas energias… O corpo e a mente, em dado momento, também precisam relaxar. Acredite!

Nossa capacidade de processamento tem um limite e um descanso será benéfico para recarregar as baterias e seu lado criativo. Você perceberá que muitas soluções para os problemas do dia-a-dia podem emergir. Portanto, meu amigo empreendedor, tire férias sim, descanse e não tenha muitas regras. Pense apenas em como será gostoso reacender a paixão e encontrar meios para inovar e ver sua empresa continuar a crescer assim que você voltar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...