Archive for Desenvolvimento Humano

16 mai 2017

TEMPO DE CONSTRUIR

No Comments Carreira, Coaching, Comportamento, Confiança, Cotidiano, Desenvolvimento Humano, Empreendedorismo, Escolhas, Inteligência Emocional, Protagonismo, Relações Humanas, Responsabilidade Pessoal, Sucesso

Nenhum projeto é viável se não se começa a construí-lo desde já: o futuro será o que começamos a fazer dele no presente. 

Construir o futuro é uma coisa meio maluca e a passagem recente do meu aniversário me fez pensar nessa questão de uma forma mais estruturada, como num guia para planejar nossa “jornada do futuro”. Foi então que lembrei do modelo de aprendizado contínuo desenvolvido por Peter Senge.

Precisamos aprender a sair da nossa realidade, deixar velhos hábitos de lado e rever conceitos e métodos para criarmos algo realmente inovador. Afinal, nem tudo o que deu certo no passado está dando certo hoje, certo? E da mesma forma, nem tudo o que já deu errado nunca dará certo no futuro… A vida é assim… 

Quem trabalha em áreas como música, fotografia ou informática sabe do que estou falando e o quanto o mercado muda dinamicamente. O medo de não acompanhá-lo é um dos grandes motivos para nos repensarmos, mas o melhor incentivo é querer estar melhor a cada dia. Querer causar novos “UAU’s”, pois se você não quiser, alguém vai querer e vai fazer.

Então, para construir seu futuro faça uma boa análise do presente. O que incomoda você hoje e que você poderia e gostaria muito de mudar? Quais oportunidades você vê que poderia aproveitar e não faz? Adicione ao seu presente as coisas boas que você imagina que pode conseguir. Desafie-se!

Walt Disney dizia que se você é capaz de sonhar, você é capaz de realizar. O “imageneering”, traduzido, fica algo como engenharia da imaginação; foi o que ele usou para construir o império que tanto sucesso faz até hoje. Passe a perguntar, a tudo e a todos, "POR QUE NÃO?" ao invés de “por que?”. Encoraje seus amigos, sua família, sua equipe a lhe dar ideias. Nem todas poderão ser aproveitadas, mas todas virão do fundo do coração de alguém em quem você confia e merecem atenção.

No início, talvez você enfrente um pouco de medo para pensar diferente ou para reconhecer a necessidade de mudar. O medo é inerente ao ser humano, mas não deixe que ele imobilize ou enfraqueça você. O importante é transformar esse medo em oportunidade, em ação. Comece a trabalhar já. Peça ajuda, pergunte opiniões, ouça sugestões e lembre-se de colocar em prática o que achar válido. Só experimentando você terá a real noção do que vale a pena fazer ou não nos próximos anos da sua vida.

Obstine-se por si mesmo!

Quando escolher o melhor caminho a seguir, planeje os recursos necessários para fazer com tudo aconteça e alcance o resultado esperado. Esta é a aplicação do conceito caórdico de Dee Hock, o inventor do sistema Visa, que nos traz a compreensão de que todas as coisas, até mesmo a vida, são uma combinação homogênea de caos e ordem. Tudo aplicado na hora certa.

Se construir o futuro num mundo tão incerto não é fácil, adquira um pensamento otimista para que toda premonição paradoxal seja superada por um desejo incontestável de viver dias ainda melhores. Deixe que seus sonhos virem realidade, um após o outro. Dificuldades irão aparecer, mas somos capazes de superá-las com muita luta, persistência e criatividade. No seu próximo aniversário, você mesmo irá agradecer.

22 ago 2015

ANSIEDADE SÓ ATRAPALHA

No Comments Coaching, Comportamento, Desenvolvimento Humano, Equilíbrio, Inteligência Emocional, Relações Humanas, Superação, Tomada de Decisão

Destrua o hábito da preocupação, antes que ele destrua você.

lounge-empreendedor-ansiedade-so-atrapalha

Ansiedade não é doença. Faz parte do nosso sistema de defesa e está projetada em quase todos os animais vertebrados, do peixinho dourado até aquela sua tia histérica. Eu sou ansiosa. E dizer isso assim, a seco, não é nada fácil mesmo para quem há anos estuda desenvolvimento humano. Sou daquelas pessoas que dorme pensando no compromisso que tem às 11 horas da manhã seguinte, mesmo que seja só fazer as unhas. Penso o tempo todo em como estarei daqui a 24 horas, 24 dias, 24 anos.

Mas, vamos começar pelo final… Assim, como bom ansioso, você não precisa esperar o final do texto para descobrir que ansiedade é o sentimento típico de quem vive no futuro, se preocupando com as coisas que ainda vão acontecer, mas a boa notícia que eu queria antecipar pra vocês é que dá para conviver com ela pacificamente – e é isso que vai fazer a diferença na hora de reconhecer que nem tudo precisa ser motivo de preocupação o tempo todo.

Talvez, nesse momento, você já esteja se perguntando: como eu domino a minha ansiedade?

Primeiro, viva realmente no presente. Dedique-se ao hoje! Esse é um exercício simples e gostoso, mas que geralmente precisamos lutar muito para conseguir fazer.  A cada minuto do seu dia, quando sua cabeça insistir em te levar para o futuro, pense nos detalhes daquilo que está fazendo agora. Neste momento, por exemplo, eu estou aqui, escrevendo este artigo no meu computador, com um pouco de fome. E só. Mais nada. Com o tempo vamos aprendendo a nos manter no aqui e agora e controlando melhor a ansiedade. Dale Carnegie em seu livro "Como Evitar Preocupações e Começar a Viver" dá uma dica que sempre busco praticar: . 

VIVA EM COMPARTIMENTOS HERMETICAMENTE FECHADOS.

Segunda coisa importante: faça coisas que você goste de verdade. Dê uma volta num parque, jogue sudoku (que eu adoro), leia um livro, qualquer coisa que você goste. Aposte em você e naquilo que o fará feliz mesmo que seja por alguns instantes do seu dia. Vá ajeitando a sua vida de maneira que você possa fazer o maior número de coisas boas para você num único dia.  Claro que a louça vai continuar na pia e seu chefe vai continuar lhe mandando fazer coisas chatas, mas mesmo nestes momentos tente encontrar o prazer que há naquilo: a satisfação de ver a louça lavadinha em cima da pia ou da entrega de um serviço bem feito. 

Seja qual for a situação, arranque de você o que existe de melhor hoje, agora, neste exato momento. Do contrário, a tendência será você correr para o futuro imaginando que lá seria um lugar mais legal, como se o presente fosse um momento ruim a ser passado. Pense, só temos uma vida e cada segundo dela é único!

CULTIVE UMA ATITUDE MENTAL QUE LHE DÊ PAZ E FELICIDADE

Para lidar com a ansiedade, o melhor caminho é manter o equilíbrio emocional, ponderar as situações e ampliar a consciência de si mesmo, de suas habilidades e da sua capacidade de realização e dedicação.  

Comigo tem funcionado. Mas eu continuarei aqui, no meu projeto presente, cuidado do meu ambiente físico e emocional. E você? Onde você está agora?

lounge-empreendedor-ansiedade-so-atrapalha

21 ago 2015

DICA DE LEITURA: EXPERTISE EM APRENDER

No Comments Aprendizagem, Capacitação, Carreira, Coaching, Conhecimento, Desenvolvimento Humano

Conheça os segredos dos melhores profissionais que sabem aprender e fazem carreiras mais dinâmicas, ricas e muito mais prazerosas.

lounge-empreendedor-expertise-em-aprender

A língua francesa começou, no século XIV, a usar o vocábulo expert (do particípio passado do verbo latino experiri) como sinônimo de profissional perito, capaz, hábil. O que talvez você não saiba é que, de fato, experiri significa fazer experiências, vivenciar situações, provar circuntancias; significa portanto escapar de abstrações e conhecimentos banais. Essa condição é que faz a completa diferença entre os profissionais de destaque positivo e o restante.

lounge-empreendedor-expertise-em-aprenderO livro "Expertise em Aprender" de Fernando Jucá (Editora Papirus 7 Mares) lista os hábitos das pessoas que têm o aprendizado como uma competência sustentável, dá só uma olhada e comece a refletir como você tem se comportado com relação a eles:

  1. Humildade e objetivos: Saber identificar as oportunidades de aprendizado e traçar objetivos de desenvolvimento pessoal.
  2. Procura por novas experiências. Ser aberto e proativo em relação a diferentes tipos de experiências.
  3. Pensamento crítico. Capacidade de interagir com o aprendizado, fazer as perguntas certas.
  4. Mudança de comportamento. Traduzir em ação o resultado dos outros três hábitos.

O livro tem como mote central a construção de trilhas que cheguem até a mudança de atitudes e condutas e nos ajuda a percorrer meios e entremeios de um novo “modo de ação” explicando com detalhes sua aplicabilidade em diversas conjunturas do cotidiano organizacional.

Com várias citações, gráficos e destaques, a leitura é deliciosa e, em poucas horas, é bem capaz de você devorar todo o conteúdo.

lounge-empreendedor-expertise-em-aprender

Se você se interessou, confira um detalhamento destes hábitos na matéria publicada na Exame.com

http://exame.abril.com.br/carreira/noticias/os-habitos-das-pessoas-que-aprendem-mais-rapido

SOBRE O AUTOR DO LIVRO:

FERNANDO JUCÁ possui mais de 20 anos de experiência nas áreas de treinamento e mudança comportamental. Doutor pela FGV e professor em cursos de pós-graduação desta instituição. Para projetos diversos de mudança comportamental nas maiores empresas brasileiras, já conduziu centenas de workshops e entrevistas individuais com diferentes públicos corporativos.É autor ou co-autor de 6 livros, incluindo: 'O executivo que gostava de ler', um paralelo entre 50 das maiores obras de literatura de todos os tempos e práticas corporativas eficazes; e o livro 'Academia de Liderança'.

 

 

25 abr 2015

SEJA SEU HERÓI

No Comments Carreira, Coaching, Comportamento, Desenvolvimento Humano, Escolhas, Motivação, Mudança, Transformação

Ainda não conseguiu enxergar os lados positivos de uma mudança? Que tal tentar? Sua vida merece novas chances.

lounge-empreendedor-seja-seu-heroi

De tempos em tempos, todos nós precisamos de perspectivas renovadas. Talvez a proximidade do meu aniversário seja a razão pela qual esse tema apareceu aqui no blog, mas a verdade é que me sinto justamente assim: em busca de esperanças renovadas. Contudo, acompanhando alguns clientes, percebo o quanto é difícil ver a vida sob uma nova luz se estamos tateando no escuro para encontrar o interruptor.

Coisas incríveis só poderão acontecer quando você decidir identificar novas oportunidades e lançar luz sobre novas situações. Parece complicado, mas basta reconhecer seus talentos e agir como autor de sua própria história – uma história que só você pode mudar permanentemente.

lounge-empreendedor-seja-seu-heroiMuita gente que me encontra por aí me pergunta: “Ana, como você fez para descobrir um novo caminho para sua carreira?” ou “Ana, como você mudou seus hábitos e sua rotina?”. (Para quem não sabe: no último ano virei uma "atleta compulsiva"… Dá uma olhadinha no meu instagram @aninhacoelhoPois bem, meu querido leitor, decidi não esperar por ninguém para fazer as coisas por mim.

Talvez você ainda deseje aguardar por uma oportunidade melhor, fazer um bom casamento, herdar um bom dinheiro ou ver seu chefe se aposentar – ou quicá morrer! – para transformar a sua vida, mas acredito que podemos ser heróis de nossas próprias histórias. E não estou falando de heróis como pessoas extraordinárias com habilidades quase mágicas, capas ou superpoderes. Refiro-me a heróis convencionais, daqueles que agem enfrentando seus medos e perseguindo suas aspirações para desfrutar uma vida melhor. Por isso, a menos que desista e passe o poder para outra pessoa, cabe a você decidir.

Quando fazemos escolhas que correspondem aos nossos desejos, geralmente nos sentimos bem e somos invadidos por uma onda de energia positiva e comprometimento que ampliam nossa própria disposição em assumir a responsabilidades. Não significa que estaremos livres das situações ruins ou dos dias difíceis, mas sim que termos maiores chances de sermos fiéis às nossas esperanças.

Afinal, sua história atual não pode ser uma armadura que lhe prende, mas um trampolim para novos caminhos, novos sonhos e novas conquistas. As evidências mostram que qualquer um pode mudar permanentemente, mas precisamos estar dispostos e abertos a outras possibilidades. Cada um de nós é um ponto de partida.

Nesse momento, talvez, você esteja pensando: “Belo texto. Fácil escrever isso tudo num blog, mas essa mulher e ninguém além de mim entende o quão limitante é minha situação e as concessões que preciso fazer. Gostaria de explorar essas ideias, mas como torno isso concreto?”.

Então, vou lhes dizer como fazer… Comece por escrever duas listas em papéis separados, uma intitulada “Benefícios em manter Minha História Atual” e outra nomeada “Benefícios que prevejo em criar uma Nova História”. Coloque-se como protagonista e não se engane. Quando terminar, leia as listas em voz alta várias vezes. Então, escolha qual história quer para si e guarde esse papel em algum lugar que possa rever algumas vezes. Jogue o outro fora.

Por ora, talvez, você desenvolva uma visão geral e pouco específica dos próximos passos, mas certamente sua história pela qual você se identificou irá orientar suas ações para concretizar seus sonhos, aprender, crescer e se desenvolver.​ Sem culpados além de você mesmo! 

04 abr 2015

MINHA PÁSCOA, MINHA VIDA

No Comments Coaching, Cotidiano, Desenvolvimento Humano, Escolhas, Inteligência Emocional, Páscoa, Religião

Como dizia Heráclito: ” nada é permanente, salvo a mudança” – o que a Páscoa tão bem celebra.

lounge-empreendedor-minha-pascoa-minha-vida

Sinceramente, não lembro onde li isso pela primeira vez, mas dizem que um sábio disse (e eu menos sábia, concordo!): “O mundo não é como você o vê. É apenas a sua mente que vê assim. Portanto, sua vida pode ser o inferno ou o paraíso, a liberdade ou a prisão. A compreensão disto fará toda a diferença”.

São nossas crenças e valores que dão as versões daquilo que nos acontece. Tudo é perspectiva. Repare em quantas situações você já passou que aos olhos de quem estava por perto eram mais ou menos graves. Uma situação financeira preocupante pode, por exemplo, ser vista como uma mera contingência, pois um novo emprego está a caminho. Uma separação dolorida pode ser vista como a liberdade esperada. Uma queda no faturamento pode ser vista como culpa do governo.

O segredo para entender e contornar seja qual for a crise está em enxergar a situação e tomar as devidas providências.

Muita gente prefere não encarar a realidade e se ancorar em desculpas que aliviarão a pressão no presente, mas que criarão dificuldades ainda maiores no futuro. Saia da defensiva, encare a realidade, mude.

Que tal aproveitar o final de semana da Páscoa para refletir sobre sua vida? O que precisa morrer em você para que possa nascer uma pessoa nova? O que dentro de você precisa morrer para que venha o renascimento?

Para os cristãos é a partir da morte que abrimos espaço para um novo encontro e que nos preparamos para a ressurreição. Aproveite a Páscoa para ter uma conversa bem séria consigo mesmo, assumindo um novo compromisso e tomando atitude para que renasça em você uma pessoa nova!

Não é por acaso que senti a necessidade de compartilhar isto tudo com vocês justamente no dia de hoje, uma data que celebra exatamente a simbologia da ressurreição, do morrer para renascer e, acima de tudo, do início de um novo ciclo tão celebrado no zodíaco – sobre o simbolismo astrológico da Páscoa existe um post bem legal no site Papo Cabeça.  Dos começos e recomeços. Das novas etapas. Das transformações. 

Somos nós que escolhemos quem somos, o que devemos fazer, como devemos reagir e qual é a nossa missão ou objetivo. Esta comunicação intrapessoal governa nossas vidas e afeta nosso bem-estar geral. Preste muita atenção em quais são as mensagens que você ecoa e que efeito elas têm em sua vida e então, abandone aquelas que não fazem mais sentido.

Quando você começar a contar para si mesmo uma história diferente, essas ideias influenciarão a maneira como você encara sua vida. Afinal, mudar não é algo que nos separa, que nos estilhaça ou que nos faz perder a noção das coisas. A mudança está ligada ao desenvolvimento, ao crescimento, à criação. Lembra-se do transmutar da lagarta em borboleta? É a vida em pleno desabrochar.

Você não pode limitar sua vida às situações confortáveis ou às pessoas que não elevem seus padrões. Não se apequene. Você é melhor do que imagina. Lembre-se que tudo é uma questão de perspectiva

Decida especificamente o que você precisa mudar, amplie sua motivação associando dor (ou sensações ruins) ao que não consegue mudar e imenso prazer a sua nova condição. Capacite-se, reforce a transformação e condicione-se ao novo. Suprimir um velho hábito, implementar um novo ou reforçar uma nova aprendizagem deve ser um processo consciente e deliberado em que você olhe ao seu redor e analise o quanto ainda vale a pena comprometer seu futuro carregando o que limita o seu crescimento no presente. 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...