Archive for Capacitação

09 set 2015

GAMIFICATION E RESULTADOS

No Comments Administração e Gestão, Ambiente de Trabalho, Aprendizagem, Capacitação, Educação, Gestão de Pessoas, Trabalho em Equipe, Vendas

Como tornar a dinâmica de trabalho mais leve e engajar a equipe de campo no cumprimento de suas metas? 

lounge-empreendedor-gamification

O Gamification é uma estratégia que consiste em oferecer incentivos a funcionários ou clientes por meio de mecânicas de jogos. Mais do que um modismo de gestão, o Gamification tem mostrado resultados sólidos e, ao longo dos últimos anos, sua adoção teve crescimento relevante nos mais diversos mercados.

Grandes empresas no mundo todo, como Coca-Cola, AOL, Dell, Nike, Nissan e Pepsi já colocaram essa estratégia em prática. De acordo com o relatório do Gartner, “Gamification 2020: What Is the Future of Gamification?”, algumas das aplicações mais comuns do Gamification estão nas áreas de desempenho de funcionários, gestão da inovação, aprendizado e educação, desenvolvimento pessoal e envolvimento do cliente.

O Gartner ainda projeta cenários em que o Gamification, combinado a outras tendências e tecnologias emergentes, pode promover mudanças significativas em diferentes áreas dos negócios, principalmente na melhora do desempenho dos times de vendas. O uso do Gamification facilita o engajamento para o cumprimento de atividades estratégicas para o crescimento do negócio.

Um dos casos de sucesso da aplicação do Gamification é seu uso como funcionalidade em aplicativos móveis para automação da força de vendas em campo, execução de varejo, logística e toda ferramenta que cobre o processo comercial de empresas de bens de consumo.

Nesses casos, os vendedores que trabalham em campo, a partir de seu dispositivo móvel, podem acompanhar o próprio desempenho em relação a seus pares no trabalho, além de poder conquistar prêmios específicos e até mesmo apoiar os colegas para alcançar os objetivos da equipe como um todo. É possível acompanhar sua posição no ranking de vendas da empresa e seguir outros indicadores, de acordo com o perfil do negócio e as necessidades específicas de cada posição na empresa.

Em paralelo, o gestor consegue visualizar o desempenho geral e o cumprimento detalhado das métricas de cada funcionário de seu time, além de propor novas recompensas de acordo com o desempenho mais apropriado para cada vendedor, desde aquele que alcançou o maior volume em vendas até o que vendeu o mix mais adequado de produtos. Essa visão geral do cumprimento das metas da equipe e a flexibilidade de ajustes durante o processo de vendas garantem melhores resultados aos negócios.

POR QUE VOCÊ DEVE ENTRAR NESSA?

  • Melhor Desempenho: A possibilidade de identificar como os melhores profissionais do time trabalham torna mais fácil entender o que eles fazem para se diferenciar dos demais. Essas estratégias individuais podem ser replicadas para todo o grupo, aumentando o desempenho geral.
  • Gestão em Tempo Real: A ferramenta de Gamification permite a gestão das métricas em tempo real, à medida que os dados dos funcionários são automaticamente compilados e analisados em relatórios e dashboards disponibilizados imediatamente ao gestor de equipe.
  • Visão Sistêmica: A visão geral da evolução das métricas das equipes de trabalho permite que o gestor tome rápidas decisões sobre possíveis mudanças estratégicas ou de processos, possibilitando posicionamento mais ágil e efetivo em relação à concorrência.
  • Turn over: Equipes que utilizam o Gamification têm o turn over reduzido em até 50%. Isso ocorre, porque a estratégia de premiação é transparente e baseada em resultados objetivos. Os vencedores são premiados e reconhecidos por seu esforço e dedicação, gerando um ambiente de competição saudável e sem desconfortos.
  • Engajamento: Com critérios objetivos e metas claras, a empresa concede ao time de campo as mesmas oportunidades, fazendo com que o processo seja meritocrático. Fica mais fácil conquistar o engajamento desses profissionais quando as métricas são claras.
  • Treinamento: Com a redução do turn over e o maior engajamento do time de vendas, as empresas conseguem reduzir o investimento inicial de treinamento para novos funcionários. O valor dessa redução pode ser investido em outras formas de recompensa que contribuam para a melhoria do desempenho das equipes.

 

lounge-empreendedor-gamification

Se você se animou, para garantir a implantação bem-sucedida da estratégia de Gamification, é preciso que toda a cadeia produtiva da empresa e seus processos comerciais estejam mapeados, a fim de que as atividades-chave e suas métricas possam ser definidas de maneira a agregar o maior valor possível ao negócio. Esse é o segredo do sucesso.

Fonte: Sping Global 

21 ago 2015

DICA DE LEITURA: EXPERTISE EM APRENDER

No Comments Aprendizagem, Capacitação, Carreira, Coaching, Conhecimento, Desenvolvimento Humano

Conheça os segredos dos melhores profissionais que sabem aprender e fazem carreiras mais dinâmicas, ricas e muito mais prazerosas.

lounge-empreendedor-expertise-em-aprender

A língua francesa começou, no século XIV, a usar o vocábulo expert (do particípio passado do verbo latino experiri) como sinônimo de profissional perito, capaz, hábil. O que talvez você não saiba é que, de fato, experiri significa fazer experiências, vivenciar situações, provar circuntancias; significa portanto escapar de abstrações e conhecimentos banais. Essa condição é que faz a completa diferença entre os profissionais de destaque positivo e o restante.

lounge-empreendedor-expertise-em-aprenderO livro "Expertise em Aprender" de Fernando Jucá (Editora Papirus 7 Mares) lista os hábitos das pessoas que têm o aprendizado como uma competência sustentável, dá só uma olhada e comece a refletir como você tem se comportado com relação a eles:

  1. Humildade e objetivos: Saber identificar as oportunidades de aprendizado e traçar objetivos de desenvolvimento pessoal.
  2. Procura por novas experiências. Ser aberto e proativo em relação a diferentes tipos de experiências.
  3. Pensamento crítico. Capacidade de interagir com o aprendizado, fazer as perguntas certas.
  4. Mudança de comportamento. Traduzir em ação o resultado dos outros três hábitos.

O livro tem como mote central a construção de trilhas que cheguem até a mudança de atitudes e condutas e nos ajuda a percorrer meios e entremeios de um novo “modo de ação” explicando com detalhes sua aplicabilidade em diversas conjunturas do cotidiano organizacional.

Com várias citações, gráficos e destaques, a leitura é deliciosa e, em poucas horas, é bem capaz de você devorar todo o conteúdo.

lounge-empreendedor-expertise-em-aprender

Se você se interessou, confira um detalhamento destes hábitos na matéria publicada na Exame.com

http://exame.abril.com.br/carreira/noticias/os-habitos-das-pessoas-que-aprendem-mais-rapido

SOBRE O AUTOR DO LIVRO:

FERNANDO JUCÁ possui mais de 20 anos de experiência nas áreas de treinamento e mudança comportamental. Doutor pela FGV e professor em cursos de pós-graduação desta instituição. Para projetos diversos de mudança comportamental nas maiores empresas brasileiras, já conduziu centenas de workshops e entrevistas individuais com diferentes públicos corporativos.É autor ou co-autor de 6 livros, incluindo: 'O executivo que gostava de ler', um paralelo entre 50 das maiores obras de literatura de todos os tempos e práticas corporativas eficazes; e o livro 'Academia de Liderança'.

 

 

16 abr 2014

FORMAÇÃO PROFISSIONAL

No Comments Aprendizagem, Capacitação, Capital Humano, Carreira, Educação, Empreendedorismo, Gestão de Pessoas

Qualificação profissional é um processo contínuo para quem busca o sucesso empresarial.

lounge-empreendedor-formação-profissional

O conhecimento é hoje mais do que nunca uma questão de sobrevivência para as organizações. O maior patrimônio das organizações – de qualquer porte – e o grande gerador de riquezas são os talentos humanos que a compõe, desde o empreendedor até o seu funcionário de menor cargo. Com o advento tecnológico, as distâncias deixaram de ser um um problema para a educação e desenvolvimento das pessoas. Só não estuda, quem não quer e as empresas que têm visão de futuro estão se valendo de projetos de e-learning para preparar e aprimorar o seu quadro de colaboradores buscando obter vantagem competitiva.

Para quem trabalha, mas precisa fazer cursos de atualização, ou para as pessoas que procuram por emprego nas metrópoles do nosso país, como Rio de Janeiro, São Paulo ou Recife e tantas outras onde o trânsito é cada vez mais caótico, a alternativa mais viável é contar com cursos de educação à distância.

Essa modalidade de formação profissional vem sendo oferecida por muitas escolas e já faz parte da vida de milhares de pessoas no Brasil e no Mundo, afinal quem quer manter a empregabilidade em alta sabe que não pode ficar “parado” no mercado de trabalho.

Com o e-learning, muitas pessoas encontraram saída para realizar cursos de atualização, MBA, cursos técnicos. Existem muitas possibilidades de diferentes cursos, basta escolher o mais adequado para as suas necessidades. A principal vantagem do e-learning é a independência na hora de estudar. Você pode decidir quando e onde estudar, sem ter que perder tempo com a locomoção de um lado ao outro. Até mesmo algumas empresas decidem por e-learning na hora de requalificar os próprios funcionários, evitando desperdício de tempo.

Uma das novidades que chegou ao Brasil em setembro do ano passado, são os cursos do Coursera. O site oferece cursos completamente grátis, onde você recebe as mesmas lições das grandes Universidades americanas, e muitas outras do mundo inteiro. Ainda existem poucos cursos traduzidos para o português, mas com certeza isso vai mudar. Se você compreende e fala inglês, existem muitas opções de cursos, e no final do curso você recebe um diploma de conclusão emitido pelo Coursera, e não pela Universidade, mas de qualquer forma é sempre um extra para ser incluído no currículo.

As aulas são traduzidas por voluntários, através de uma parceria da Fundação Lemann e Coursera. A expectativa é que sempre mais cursos de grandes universidades brasileiras possam ser disponibilizados online. Para participar, basta possuir acesso a internet e ter muito empenho para não perder lições.

E na vida empreendedora, empenho é algo que não nos falta, certo? Não me canso de defender aqui no Lounge Empreendedor a diferenciação que toda capacitação pode trazer à criação de negócios de sucesso. Em nenhum momento da vida profissional, podemos esquecer o quanto a formação, qualificação e renovação são importantes. Estudar à distância pode ser de grande ajuda (e se for de graça – melhor ainda, né?) para quem busca liberdade de escolha no horário e ainda, comodidade e conforto em sua casa ou escritório.

Lembre-se apenas que ao optar pelo e-learning, você precisará de um senso de organização maior, além de assumir a responsabilidade pelos seus resultados e decisões durante todo o percurso didático. Mas isso não é problema para quem assume os riscos de um pequena empresa, certo? 

Portanto, prepare o mouse e assuma a continuidade de seu processo de formação.

14 set 2013

UM NOVO CAPITAL

No Comments Administração e Gestão, Ambiente de Trabalho, Capacitação, Capital Humano, Carreira, Empreendedorismo, Gestão de Pessoas, Gestão do Conhecimento, Liderança, Mercado

O mundo dos negócios mudou e quem tem competência, muito mais do que quem tem dinheiro, está por cima. Aproveite! 

lounge-empreendedor-um-novo-capital

Por mais que se diga que a competitividade profissional de hoje torne as coisas mais difíceis, não podemos negar que jamais houve uma época com tantas possibilidades para os que se capacitam e decidem partir em busca de um objetivo.

Não é retórica afirmar que o ponto nevrálgico do sucesso de qualquer empresa não é mais seu capital de giro, mas seu capital humano. E isso põe tudo de pernas para o ar no mundo empresarial.

Qualquer modelo da administração moderna em relação à gestão de pessoas preconiza um modelo participativo de tomada de decisão, no qual os colaboradores são chamados a contribuir para o processo criativo e para a melhoria contínua dos objetivos.

É por isso que as empresas estão tão exigentes em relação ao perfil das pessoas que contratam. Porque compreendem que a partir de agora as pessoas serão o cerne de todo o movimento que as permitirá permanecer verdadeiramente competitivas.

Tenho certeza que você já leu ou ouviu que a maior dificuldade para as organizações pouco tem a ver com falta de capital ou infra estrutura, o que falta é gente. Ou melhor, gente capacitada! Seja qual for o tamanho das empresas, elas não dependem mais de ter dinheiro para ganharem a competição, elas dependem de idéias, de boas idéias!

Percebe a grande novidade?

Substituímos o modelo do capitalismo tradicional que valorizava o aporte de capital financeiro como única fonte propulsora de desenvolvimento e sucesso. Antes, quem tinha dinheiro disparava na frente e fazia as coisas acontecerem. Não faz mais!

O que está acontecendo agora é que o dinheiro, embora continue necessário, não é mais a única, nem mesmo a principal fonte de vantagem competitiva das empresas mais ousadas. O capital financeiro já não é mais a grande mola que impulsiona o desenvolvimento, e sim o capital humano.

Com um milhão de reais e sem uma idéia boa não se faz muita coisa no mundo de hoje. Agora, com uma idéia excelente e atitude empreendedora qualquer um pode encontrar investidores que estejam dispostos a colocar muito mais que isso em um negócio, ou ajudar uma empresa a fazer bons negócios. A questão decisiva agora, não é apenas “ter dinheiro para fazer”; e sim ter idéias para descobrir “o que é para ser feito”.

Por isso, é importante que as organizações alterem sua forma de se relacionar com as pessoas. Se, antes, bastava ser dona de prédios, carros, computadores e máquinas para ter sucesso; nenhuma empresa obterá sucesso tentando ser dona da cabeça das pessoas. O novo capital que trará sucesso às empresas não está relacionada à posse, mas sim respeito, cooperação e colaboração.  

Isto inverte a lógica do capitalismo, vira tudo ao avesso e abre um bom leque de oportunidades para as pessoas que sejam capazes e ousem trabalhar nestes novos tempos. O mundo agora é dos que sabem e fazem, não mais dos que têm!

03 jul 2013

CAPACITAÇÃO: HORA DE TIRAR AS BOAS INTENÇÕES DO PAPEL

1 Comment Administração e Gestão, Aprendizagem, Capacitação, Coaching, Comportamento Empreendedor, Conhecimento, E-Commerce, Empreendedorismo, Nem Todo Empreendedor Nasce Sabendo

Não basta apenas empreender, é preciso assumir as rédeas da gestão da sua empresa para tirar o melhor proveito de suas ideias e dos recursos sob sua orientação.

lounge-empreendedor-capacitação

Nos últimos anos, a facilidade em formalizar negócios e o baixo capital necessário para montar um comércio eletrônico aliados ao forte desemprego dos demais setores da economia, fez crescer o nível de concorrência em quase todas as modalidades de varejo online.

Empreendedores que começaram seus negócios de forma pouco estruturada têm visto crescer a necessidade de profissionalização de suas atividades, como o caminho de mão única para quem pretende sobreviver em longo prazo.

Apesar de muitos dominarem tecnicamente a operação, não gostam ou não sabem administrar processos. Podem até ser bons vendedores, mas muitos acabam atropelando a gestão de pessoas, por exemplo. Querem ganhar muito, mas não negociam boas compras. Desejam conquistar mercados, mas não investem em marketing especializado. Enfim, têm ótimas intenções, mas não conseguem sair do papel.

A falta de gestão por parte de seus administradores é a principal causa do encerramento das atividades das empresas de pequeno porte antes dos cinco primeiros anos de vida, segundo dados oferecidos pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, o SEBRAE. Como superar essa situação? Pode parecer óbvio, mas a capacitação ainda é o caminho mais seguro para superar os desafios de administrar qualquer empresa.

Uma boa capacitação não só dá plena possibilidade para o exercício de determinadas atividades, como também prepara os profissionais para o ambiente de trabalho. Um bom treinamento é aquele que provoca reações e aprendizados que geram mudanças de comportamento no cargo, na organização e, conseqüentemente, nos resultados finais de um negócio.

Se você quer obter sucesso terá que buscar uma boa qualificação profissional, manter-se atualizado e fazer o mesmo com a sua equipe. Para isso, crie situações que ofereçam a todos:

  • Desenvolvimento de Conceitos: aumentando o conhecimento em termos funcionais e estratégicos. Dessa forma, você terá acesso à esfera do SABER;
  • Desenvolvimento de Habilidades: orientando as pessoas para a execução e operação de tarefas, manejo de equipamentos, máquinas e ferramentas. O desenvolvimento de habilidades orienta os profissionais nas questões do FAZER;
  • Desenvolvimento de Atitudes: mudando atitudes negativas para atitudes favoráveis e atuando na conscientização das relações e melhoria da sensibilidade com as pessoas, com os clientes internos e externos. Quando você atua no desenvolvimento de novas atitudes, você age sobre o QUERER FAZER;
  • Transmissão de Informações: informações sobre sua empresa, seus clientes, seus produtos/serviços, políticas e diretrizes, regras e regulamentos. Para quem deseja ter uma empresa de sucesso, sistematizar essas informações traz clareza do propósito e da dinâmica do negócio para qualquer profissional ou cliente que deseje fazer parte dela.

Por mais dificuldade que qualquer empreendedor tenha em gerir seu negócio, o caminho será mais fácil se a vontade de aprender estiver aliada com a ousadia em realizar. Não espere muito tempo para buscar ajuda!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...