12 abr 2013

COWORKING

No Comments Administração e Gestão, Ambiente de Trabalho, Carreira, Economia Digital, Modelo de Negócio, Startup

No Brasil, cresce a cada dia o número de empresas compostas por apenas uma pessoa. Ser sozinho não significa desprestígio, nem tão pouco insucesso, mas uma nova tendência na forma de trabalhar.

 

lounge-empreendedor-coworking

Dividir o espaço e multiplicar as ideias. É por esta equação que funciona um novo padrão de trabalho voltado aos profissionais autônomos, freelancers, startups e pequenos empresários: o coworking. Tendência popular nos Estados Unidos, que ganha espaço no Brasil, os locais reúnem pessoas cansadas do isolamento do ‘home-working’, que passam a dividir espaços, e também custos, em uma espécie de escritório coletivo. Além da vantagem financeira, a interação entre personalidades de diferentes áreas e com atividades diversas fomenta, ainda, a criatividade e a troca de experiências.

Porto Alegre ganhou um novo espaço de coworking, a Fábrica de Ideias Coworking é um espaço de trabalho compartilhado. O coworking está localizado entre a Rua Osvaldo Aranha e Avenida Independência. Nessa região, concentram-se grandes pontos comerciais como bancos, restaurantes, Parque da Redenção, prestadores de serviços, estacionamentos, entre outros. Tudo isso sem contar que está próximo ao centro de Porto Alegre.

O coworking, além de ser um espaço bastante flexível, permite que as pessoas se conectem e interajam umas com as outras. O escritório compartilhado é ideal para quem está empreendendo, abrindo um novo negócio e num primeiro momento não quer ter gastos com aluguel, seguros, fiança, água, luz, telefone e principalmente custos com pessoal.

A Fábrica de Ideias Coworking oferece aos coworkers os serviços de internet de 35 MB, secretária de recados, endereço fiscal, sala de reuniões, impressora, escâner, telefone, assessoria empresarial, cozinha, espaço para relaxar, biblioteca colaborativa, café, armários e chuveiro. Os planos oferecidos pelo coworking são muito flexíveis e podem ser negociados por um curto período, o que dispensa a figura de um fiador. Fazendo um comparativo com a locação de um escritório convencional, as despesas regulares somam mais de R$ 4 mil por mês, enquanto que num escritório compartilhado, o investimento máximo em uma estação de trabalho é de aproximadamente R$ 450,00 mensais.

Além dos serviços compartilhados de escritório o espaço pode ser locado para a realização de cursos, palestras, workshops e qualquer evento de cunho empresarial. A sala de reuniões, equipada com ar condicionado, televisão LCD 32 polegadas e quadro de vidro para anotações também está disponível para locações.

Sem dúvida, se você está na região, vale a pena conhecer!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comentários

comentários

Tags: , , , , ,
written by
The author didn‘t add any Information to his profile yet.
Related Posts